“Conquistador” Sousa não resiste a “Mega” Dominic Thiem

De cabeça bem levantada! João Sousa escreveu esta semana em Umag mais uma página na história do ténis português, mas não conseguiu dar um final feliz à última página, saindo do tradicional evento croata com o digno troféu de vice-campeão. O melhor tenista português de sempre, que entrou na semana na 51.ª posição do ranking, não resistiu ao austríaco Dominic Thiem, número 26 do ranking mundial, que atuou em verdadeiro estado de graça, acabando por não dar grandes hipóteses ao vimaranense.

Popular nas redes sociais, onde partilha diariamente com os fãs as suas aventuras, Thiem é conhecido pela utilização quase abusiva da palavra “mega”, mas ela aplica-se na perfeição à exibição que lhe deu a vitória por claros 6-4 e 6-1, em apenas 61 minutos. A coqueluche do ténis austríaco disparou 26 winners contra apenas 11 erros não forçados, perdendo apenas três pontos no serviço nos 7 jogos que o conduziram à vantagem de 6-4 e 5-0, jogo em que acabou… quebrado.

sousa thiem stats

Estatísticas da final

A final, que contou com a presença ilustre de Novak Djokovic nas bancadas, até começou equilibrada, com João Sousa a conseguir jogar ao nível do austríaco, impondo a qualidade da sua direita, mas Dominic Thiem fez a diferença a partir do sétimo jogo do primeiro set, quando disparou um passing shot de esquerda de cortar a respiração, que marcou o ponto de viragem na partida.

A partir desse momento, Thiem descolocou de Sousa: no resultado, em confiança, em ritmo e em potência. O guerreiro de Guimarães lutou muito, tentou cerrar os dentes e olhar em frente, mas o austríaco não permitiu sequer que o equilíbrio fosse toada no segundo set, ganho de forma rápida, com a cedência de apenas 10 pontos.

“Lamento não ter conseguido oferecer a final que desejavam, mas o Dominic foi demasiado forte e mereceu ganhar”, João Sousa

“Quero dar os parabéns ao João pelo três encontros fantásticos que fez esta semana, mas hoje joguei muito bem. Ganhar aqui é muito especial para mim”, Dominic Thiem

Os dois campeões!

Posted by Bola Amarela on Sunday, July 26, 2015

De Umag João Sousa leva “pouco mais” de 42 mil euros em prémios monetários e preciosos 150 pontos para o ranking ATP, que o farão subir oito lugares na hierarquia, até ao 43.º posto. Na ATP Race, que contabiliza somente os pontos somados desde 1 de janeiro, Sousa é 37.º. O vimaranense defende apenas pontos em uma semana até ao US Open: em Cincinnati, onde em 2014 perdeu na segunda ronda do Andy Murray.

Esta semana entra para a história como a sexta final ATP da história do ténis português, quinta pelas mãos de João Sousa nos últimos 21 meses. Depois de Frederico Gil no Estoril Open 2010, João Sousa em Kuala Lumpur 2013, Bastad 2014, Metz 2014, Genebra 2015 e, agora, Umag 2015. Só a da Malásia caiu para as cores portuguesas.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.