Australiano suspenso por sete anos devido a combinação de resultados

Nick Lindahl, antigo top 200 ATP que enquanto júnior chegou a ser finalista do Australian Open, foi banido esta terça-feira por sete anos pela Unidade de Integridade do Ténis (TIU), na sequência de ter sido considerado culpado num caso de resultados combinados, em 2013.

O tenista australiano terá perdido de propósito por várias vezes em torneios Future na temporada de 2013, que acabou por ser a sua última enquanto profissional, uma vez que se retirou do circuito aos 24 anos, numa altura em que a sua promissora carreira dos tempos de júnior já parecia quase perdida.

A confissão de que perdeu encontros de propósito foi feita pelo próprio num tribunal civil, onde também foi condenado, e tinha como objetivo ajudar alguns amigos… a ganhar dinheiro em apostas.

Lindahl, que terá ainda de pagar à TIU uma multa de 30 mil euros, fica assim impedido de voltar a competir – caso desejasse – até 2024.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *