Toni Nadal: «Djokovic ganhou tudo sem que Federer e Nadal estivessem em bons momentos»

Toni Nadal, tio de treinador de Rafael Nadal, elogia o domínio recente de Novak Djokovic no circuito masculino, mas não deixa de colocar uma espécie de asterisco nos feitos do número um mundial. Lembra Toni que o sérvio de 28 anos passou a ganhar tudo… depois de Roger Federer e Rafael Nadal andarem longe do seu melhor nível de forma.

“Djokovic é extraordinário. Desde o primeiro dia que o vi jogar percebi que ia ser um dos melhores jogadores do Mundo, mas a verdade é que é preciso analisar o domínio dele no circuito com profundidade. No último ano e meio ele ganhou tudo, mas teve pela frente um contexto em que Federer já não é o mesmo de 2006, 2007 e 2009 e Nadal estava também longe da sua melhor forma”, confessou em declarações dadas após a conquista de Barcelona por parte do seu sobrinho.

Toni acredita que haveria mais equilíbrio no circuito com Nadal e Federer a bom nível. “Sem os seus maiores rivais em forma, Djokovic parece quase invencível, mas penso que caso os outros dois estivessem melhores o circuito seria bem mais equilibrados entre os três”.

Sobre o autor
-

Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *