Tommy Haas aos 38 anos: «Vou tentar voltar até não poder mais andar»

Em Viena para disputar o ‘Tie Break Tens’, evento de exibição ganho pelo austríaco Dominic Thiem no último domingo, Tommy Haas, antigo número dois mundial, garantiu que continua interessado em voltar aos courts em 2017, aos 38 anos, após mais uma operação.

“Há chances de que não possa voltar a jogar profissionalmente. Vai ser uma luta muito dura, mas não tenho quaisquer dúvidas na minha cabeça: eu vou tentar… até não pode andar mais”, garantiu o alemão, que já com 36 anos chegou a regressar ao top 15 ATP, em 2014.

Recorde-se que Tommy Haas é também o novo diretor do torneio de Indian Wells, em março, mas tal função não o impede de continuar a sonhar com o regresso aos courts. O alemão poderá mesmo tornar-se num dos primeiros diretores de torneios da história a dar um wild card… a si próprio.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *