Nadal não vai descansar, quer jogar e ganhar Roma e explica porquê

MADRID. ESPANHA. Muitos fãs pedem-lhe que pare umas semanas para evitar o que aconteceu em 2016 – quando desistiu durante a primeira semana de Roland Garros – mas Rafael Nadal mantém-se irredutível: o ATP Masters 1000 de Roma é para jogar e não há ninguém que lhe faça pensar de outra forma.

“Será que se não jogar Roma chego melhor a Roland Garros? E se jogar chego pior? Não há nada que me garanta isso! Em 2016 foi um erro jogar em Itália porque me lesionei aqui. Mas foi um erro autorizado pelo médico”, esclareceu o espanhol, lembrando a lesão no pulso que o fez desistir de Roland Garros e Wimbledon.

A mensagem final é clara. “O plano é jogar Roma e fazer o melhor que conseguir. Ganhar seria o ideal, claro…”

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *