De Minaur: «Quero que todos os outros no balneário saibam que eu luto até ao último ponto»

Alex De Minaur, de 18 anos, ‘falhou’ este sábado o sonho de se tornar no mais jovem campeão de um torneio ATP desde 2008 (Kei Nishikori) mas nem por isso deixou de voltar a impressionar não apenas os que encheram o estádio olímpico de Sydney, mas também dos milhões que acompanharam o encontro pela televisão.

O jovem nascido precisamente em Sydney perdeu com Daniil Medvedev em três sets, mas lembrou que deixou tudo o que tinha em campo. “Quero que todos os jogadores no balneário saibam que eu luto até ao último ponto. Nunca desisto e são eles que me têm de ganhar cada encontro. Esse é o maior orgulho que tenho”.

Alex De Minaur já está agora de olho no próximo desafio: o Australian Open, onde defronta o experiente checo Tomas Berdych logo na primeira ronda, esta terça-feira.

 

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *