Luta por Londres ao rubro. Carreño joga com dedo partido, perde e abre a porta aos rivais da Race

Continua ao rubro a luta pelos últimos quatro lugares disponíveis para as ATP World Tour Finals de Londres. Com Rafael Nadal, Roger Federer, Alexander Zverev e Dominic Thiem já garantidos, Marin Cilic e Grigor Dimitrov deverão confirmar a qualificação esta semana pelo que ficarão apenas dois lugares em discussão para as últimas duas semanas, que distribuem ainda 1500 pontos – 500 em Basileia e Viena e 1000 em Paris.

David Goffin, sétimo da ATP Race nesta altura, cumpriu a sua parte. A jogar em casa, o belga apurou-se para os quartos-de-final do ATP 250 de Antuérpia, ao derrotar o promissor norte-americano Frances Tiafoe, por 7-6(1) e 6-2, e somou mais alguns pontos para esta luta particular. Esta sexta-feira, defronta outro miúdo, Stefanos Tsitsipas, nos ‘quartos’.

Ao longe, Goffin terá ainda festejado o desaire de Pablo Carreño Busta, número oito da Race, que somou a sua quarta derrota seguida (terceira em primeiras rondas) e continua a marcar passo na luta pelas ATP Finals. O espanhol, que defendia o título em Moscovo, voltou a apresentar-se a um nível irreconhecível e foi totalmente arrasado pelo russo Daniil Medvedev, por 6-3 e 6-3, na segunda ronda. Na imprensa espanhola, escreve-se que o campeão do Millennium Estoril Open tem um dedo partido e está a jogar infiltrado.

Quem pode aproveitar esta derrota são dois jogadores a atuar em Estocolmo: Kevin Anderson, o único que pode passar o espanhol esta semana – com título – bateu Hyeon Chung por 6-3 e 6-2 em menos de uma hora rumo aos ‘quartos’. Juan Martín Del Potro, mais distante mas ainda na luta, superou o alemão Jan Lennard Struff, por 6-2 e 7-6(6).

Recorde-se que esta quinta-feira a luta para Londres perdeu mais duas caras conhecidas: Tomas Berdych e Nick Kyrgios, que estavam ambos no top 15 da Race (excluindo os que há muito encerraram as épocas) decidiram terminar as suas temporadas devido a lesão.

 

Sobre o autor
-

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social.
Jornalista do Jornal Record desde 2013.
Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *