[Fotos] Murray levou o troféu de Doha para os treinos na Austrália para se lembrar que perdeu a final

Andy Murray, número um mundial, iniciou a temporada de 2017 com uma derrota na final do torneio de Doha, diante do seu principal rival da atualidade, Novak Djokovic e parece não querer esquecer-se disso. O britânico de 29 anos treinou esta terça-feira pela primeira vez na Rod Laver Arena, palco principal do Grand Slam dos antípodas, e levou para o seu banco… o troféu de finalista derrotado da prova qatari.

Com três títulos do Grand Slam no palmarés, Murray tem cinco finais perdidas em Melbourne, inclusive quatro frente a Djokovic (2011, 2013, 2015 e 2016). A outra foi diante de Roge Federer, em 2010.

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *