Federer pondera abdicar de toda a temporada de terra e voltar a falhar Roland Garros

Campeão do Australian Open em janeiro, Roger Federer regressou esta segunda-feira aos courts no ATP 500 do Dubai – com uma vitória fácil – e confessou depois aos jornalistas que, apesar da boa forma em que se encontra, vai continuar a ter muito cuidado com a programação do seu calendário de torneios para os próximos meses.

“Tudo o que aconteceu nas últimas semanas foi incrível e uma grande surpresa para mim. Quando cheguei à Austrália nunca pensei que poderia sair de lá como vencedor e saí. Agora tenho de continuar a ter cuidado. Talvez só lá para abril me vá sentir totalmente confortável a jogar em semanas consecutivas. Foram muitos meses fora”, confessou em conferência de imprensa.

E Roland Garros? É uma questão a pensar. “Voltar a falhar o torneio? Por que não? Só depois de Miami é que vou decidir o que fazer com a terra batida, mas sei que para ter chances em Roland Garros terei de fazer um esforço muito grande nas semanas antes. Sei que tenho muito mais chances em Wimbledon e no US Open pela velocidade do piso e tudo isso. É em Wimbledon que está a minha melhor oportunidade de ganhar outro Major este ano…”

Sobre o autor
- Artigo escrito ou editado pela equipa de redação.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *