Federer e a pressão sobre o prodígio chinês Yibing Wu: «Não sei como é a imprensa aqui e não imagino a pressão que ele sente»

Yibing Wu tem 17 anos e saltou para a ribalta nos últimos tempos depois de, no espaço de duas semanas, ter conquistado os títulos de singulares e pares juniores do US Open logo seguido… de um Challenger na semana seguinte. Os chineses parecem ter conseguido encontrar – finalmente – um grande talento no seu ténis masculino, mas Roger Federer espera que o jovem não seja demasiado pressionado.

“Provavelmente não consigo imaginar a pressão sob a qual esse jovem está ou estará. Venho de um país mais descontraído, penso eu. Acreditamos primeiro do que tudo na educação e o desporto vem depois. Não sei como a imprensa é aqui. Têm de perguntar aos vossos amigos da imprensa chinesa, se deixam que os miúdos cresçam e trabalhem ou se fazem deles estrelas muito jovens, como acontece noutros países, como em França, por exemplo. Esse tipo de expetativas prejudica a evolução”, disparou o suíço de 36 anos, em tom crítico.

Yibing Wu jogou o quadro principal do Masters 1000 de Xangai e perdeu na primeira ronda diante de Gilles Simon. Em pares, ainda passou a primeira ronda, ao lado do compatriota Di Wu.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *