Federer criticou a imprensa francesa e Gasquet… respondeu-lhe

Roger Federer aproveitou esta semana uma pergunta que lhe foi colocada sobre a pressão colocada no jovem chinês Yibing Wu para lembrar que em países como França os jornalistas tornam os jovens jogadores em super estrelas de forma demasiado prematura.

“Em França fazem os jogadores muito grandes demasiado cedo. Eles tornam-se demasiado felizes e confiantes demasiado cedo em vez de lutarem por se continuarem a desenvolver”, disparou o helvético.

Richard Gasquet, um dos jogadores que mais sofreu essa ‘pressão’, ao ser capa da maior revista francesa de ténis aos 9 (!) anos… não concorda. “Acho bom recebermos elogios de tempos a tempos. O desporto francês é tão bom quanto o dos outros. Já há gente suficiente a dizer-nos que não somos capazes de chegar a determinados objetivos”.

O francês, agora com 31 anos, diz que achar que a pressão colocada pelos média prejudica a evolução de um jogador… é uma desculpa. “Eu gostava de ter sido melhor do que fui na carreira, mas nunca consegui ser número um e tudo o que diziam que eu poderia ser. Mas o único culpado disso sou eu. Não fui competente para tal. Não devo arranjar desculpas, nem quero.”

Sobre o autor
-

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social.
Jornalista do Jornal Record desde 2013.
Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *