Depois de eliminar Wawrinka, Mischa Zverev atribui os louros do seu regresso… ao mano Sascha

Foi top 50 mundial em 2009 quando o seu irmão Sascha ainda tinha metade da sua altura, esteve afastado do circuito durante anos com múltiplas lesões e agora está definitivamente de volta. Mischa Zverev voltou ao top 100 e está a caminho do top 50, especialmente depois de ter alcançado a melhor vitória da carreira esta sexta-feira, nos quartos-de-final de Basileia, frente a Stan Wawrinka. A ‘culpa, garante, é do mano mais novo.

“Achei que a minha carreira estava acabada, mas decidi voltar há dois anos, quando meu irmão Sascha estava a começar no circuito. Ele tinha 17 anos e motivou-me a voltar a trabalhar forte. Ele sempre me disse ‘está tudo bem, vais voltar ao top 100’. Sinceramente, quando voltei a andar pelo circuito com ele, o meu principal objetivo era apenas ser o melhor parceiro de treinos possível, mas decidi oferecer-me a mim uma segunda oportunidade e aqui estou”, confessou em declarações ao ATP após o encontro.

Sobre o autor
-

Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social.
Jornalista do Jornal Record desde 2013.
Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *