Del Potro: «Espero vir a ser relembrado como o tenista mais paciente de sempre. E emocional»

Juan Martín Del Potro confessou aos jornalistas em Indian Wells, após garantir o apuramento para os oitavos-de-final, a forma como um dia gostará de sempre lembrado pelos fãs e companheiros quando decidir retirar-se da modalidade.

“Espero vir a ser relembrado como o tenista mais paciente de sempre. E o mais emocional”, disparou a Torre de Tandil, em alusão aos dois anos que esteve praticamente afastado do circuito na sequência de múltiplas operações ao pulso que o afastaram dos courts numa das melhores fases da sua carreira.

O jogador argentino diz que se sente como numa segunda carreira. “Já ganhei uma medalha de prata olímpica, a Taça Davis, alguns grandes títulos e estou de volta ao top 10. Estou muito contente com o meu percurso”.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.