Courier diz que Nadal violou as regras na final de Roland Garros

Jim Courier, ex-número um mundial e atualmente selecionador norte-americano da Taça Davis, estranhou como é que ninguém impediu que Rafael Nadal fosse assistido a meio de um jogo de serviço devido a cãibras na final de Roland Garros diante de Dominic Thiem. O número um do Mundo deixou de sentir um dos dedos da mão e parou o encontro de imediato para ser assistido, a 30-0 no seu jogo de serviço.

“Só podes parar a meio de um jogo se sofreres uma lesão e não por perda de condição física, que foi isso que aconteceu ali. No máximo seria feita uma avaliação do médico e fisioterapeuta, algo que simplesmente nem sequer aconteceu”, disparou o norte-americano em declarações recolhidas pelo ‘Give Me Sports’.

A verdade é que Nadal acabou por não ficar afetado pelas cãibras e ganhou facilmente a terceira partida da final.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.