Alex De Miñaur, o jovem de 17 anos que a Espanha não apoiou, bate Benoit Paire em Sydney

Nasceu na Austrália, viveu grande parte da sua vida em Espanha, fala fluentemente castelhano e poderia perfeitamente representar o país vizinho, mas a Real Federação Espanhola de Ténis nunca acreditou nem apostou no seu potencial. Agora, tem 17 anos e apesar de viver em Alicante representa o país onde nasceu. Finalista de Wimbledon em juniores, Alex De Miñaur alcançou esta terça-feira a primeira vitória em quadros principais ATP da sua carreira e logo às custas de um top 50: Benoit Paire.

Num duelo equilibrado e sob o olhar atento de Lleyton Hewitt, De Miñaur derrotou o  francês, antigo top 20, na primeira ronda do ATP 250 de Sydney, cidade que o viu nascer, por 6-3, 3-6 e 7-6(1), voltando a mostrar todo o potencial que muitos disseram não ver durante alguns anos.

“Senti que estava a conseguir equilibrar e estou feliz por ter conseguido vencer. Até há algum tempo só o via na televisão e por isso tinha uma ideia do que esperar. Sabia que ia ter altos e baixos e consegui manter-me calmo. Estou muito feliz”, confessou em conferência de imprensa.

Sobre o autor
- Licenciado em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. Jornalista do Jornal Record desde 2013. Entrou no Bola Amarela em 2008 e ainda por aqui está, a escrever sobre a modalidade que verdadeiramente o apaixona.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *