Andy Murray: «O que o Djokovic fez hoje foi muito especial»

Andy Murray, número dois do ranking mundial, disputou este domingo a sua primeira final em Roland Garros, mas não conseguiu impedir o Grand Slam de carreira a Novak Djokovic, líder da tabela ATP. Em declarações em court e, posteriormente, em conferência de imprensa, o finalista não poupou elogios ao sérvio, que conquistou Paris pela primeira vez numa final em que contou com muitos apoiantes nas bancadas.

“Este é o dia do Novak. Ganhar os quatro torneios do Grand Slam é uma excelente conquista. É algo raro no ténis. O que ele alcançou nos últimos 12 meses é fenomenal. Estou orgulhoso por ter feito parte disso hoje. É muito especial, até porque muitas pessoas queriam fazer parte deste momento”, começou por dizer Murray, que também teceu elogios ao ténis praticado por Djokovic.

“Obviamente que a profundidade de jogo nos tempos que correm é importante. Algumas pessoas podem pensar de maneira diferente, mas o nível de ténis está muito elevado neste momento e é algo que provavelmente não se irá ver durante muito tempo. As exibições do Novak nos últimos dois anos têm sido excecionais”, sublinhou o escocês, que cedeu para o sérvio na final de Roland Garros, por 2-6, 6-1, 6-2 e 6-4.

“Ele jogou extremamente bem e deu-me muito poucos erros. Lutei até ao fim, mas não fui capaz de jogar o meu melhor quando foi preciso. As condições estiveram desafiantes para todos os jogadores. Sempre muito duras”, rematou Andy Murray, que se prepara agora para se exibir em terrenos relvados. “Se o Novak e eu nos encontrarmos em relva, irei lutar e tentar aprender com as últimas semanas”, concluiu.

Sobre o autor
- Licenciado em Ciências da Comunicação - vertente de Jornalismo - pela Universidade Autónoma de Lisboa. Ténis é a minha vida. Colaborador do site Bola Amarela desde Dezembro de 2011.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *