Antonio Cassano: «Chorei ao ver o Federer ganhar o Open da Austrália»

O título de Roger Federer no Open da Austrália continua a ser motivo de conversa. O tenista suíço, que conquistou o 20º título do Grand Slam em Melbourne, deixou toda a gente sem palavras, sejam adeptos, tenistas, comentadores ou atletas. Antonio Cassano, antigo futebolista que atuou em clubes como o Real Madrid ou Inter Milão confessou ter chorado com o triunfo do tenista de 36 anos.

“Chorei duas vezes nos últimos 6 meses: Com a despedida do Totti e a vitória do Federer. Transpirei mais do que nos tempos em que jogava. Sou um grande fã do Roger e fico muito emotivo ao ver as suas conquistas”, confessou o antigo internacional italiano, numa conversa com o programa Tiki Taka, do canal Italia 1 Italian.