Andre Agassi sobre Djokovic: "Todos sabemos como ele é, e acho que ele pode ser ainda melhor"

Começa neste domingo aquele que será o primeiro (de muitos?) torneios de Novak Djokovic na companhia de Andre Agassi, uma parceria anunciada neste domingo depois da final de Roma. O número dois mundial terá a dura tarefa de defender o título em Paris e, em entrevista ao “France 3”, Agassi diz que já o tem andado a aconselhar há cerca de três semanas via chamada telefónica. O aconselhamento pessoal começou nesta quarta-feira.
“O Novak ligou-me mais ou menos há 3 semanas. Disse-lhe aquilo que já disse a outros jogadores: eu adoro falar de ténis mas a organização da minha vida não é compatível com esse estilo de vida. No início disse ao Novak que não, mas depois a minha mulher disse que eu devia ir, que ia adorar. Se calhar quer-me ver fora de casa (risos)”, disse Agassi, que tem uma academia de ténis nos Estados Unidos com a sua esposa, Steffi Graf.
Andre Agassi não vai estar com o sérvio durante todo o torneio, e a razão está no facto de ter organizada “há muito tempo” uma viagem de família, o que o levará a poder assistir a apenas “um ou dois encontros” do número dois do mundo diretamente das bancadas. “Uma pequena dica pode fazer muito. O único acordo que temos é para Paris e para mim isto não é um emprego a tempo inteiro. O que sei com certeza é que ele pode ser melhor do que ontem [na final de Roma]”, afirmou o ex-jogador, atualmente com 47 anos.
Naquela que será a sua primeira experiência como técnico no circuito profissional, o campeão de oito torneios do Grand Slam que levar o seu pupilo a um novo nível competitivo:

“Já vimos como ele é quando está no seu melhor, e acho que ele ainda pode ser melhor que isso. Acredito nisso porque acho que ele vai aprender a perceber o que é que o faz tão bom como ele é. Isso é algo que é importante para um jogador saber, de se conhecer, e não tenho a certeza se ele o percebe completamente, mas vai aprender”

Novak Djokovic vai estrear-se em Roland Garros frente a Marcel Granollers, com hipóteses de defrontar João Sousa na segunda ronda. O vimaranense encontra Janko Tipsarevic a abrir.