Ana Ivanovic: «Admiro imenso as jogadoras que voltam depois de serem mães»

Ana Ivanovic, antiga número um do Mundo, foi mãe em março pela primeira vez, aos 30 anos, pouco mais de um ano depois de ter anunciado a sua retirada do ténis profissional, em dezembro de 2016. A sérvia, vencedora de 15 títulos WTA, entre os quais Roland Garros 2008, está prestes a celebrar o seu 10.º aniversário da conquista em Paris, mas neste momento só pensa… no seu filho Luka.

“Ser mãe muda a nossa vida completamente: nossa perspetiva, pois tudo o resto de torna secundário e a nossa vida centra-se muito no nosso filho. Sinto-me abençoada por tudo o que estou a passar e apaixono-me cada vez mais pelo meu filho todos os dias. Ele ainda é muito pequeno, mas estamos a aproveitar cada momento”, confessou numa declaração em vídeo para o ‘Tennis Channel’.

A sérvia, casada com o futebolista Bastian Schweinsteiger, nunca colocou em cima da mesa a chance de regressar, mas a verdade é que já está em ótima forma física semanas depois de ser mãe. “Há imensas mães no circuito, a jogar, a regressar e eu realmente admiro-as porque é muito difícil fazê-lo, não só fisicamente como mentalmente. Metade do meu corpo e do meu cérebro é como se neste momento fossem do meu filho. Eu tenho muitas dificuldades em passar algum tempo longe do meu filho, porque não quero perder nada.”