Alexander Zverev: «Seria um sonho defrontar o Federer na final em Wimbledon»

Alexander Zverev sofreu mas conseguiu apurar-se para a terceira ronda em Wimbledon. O germânico, numa vitória em dois dias, ultrapassou o jovem norte-americano Taylor Fritz e vai agora defrontar o letão Ernest Gulbis, para chegar aos oitavos de final da competição.

Em declarações no final da partida, o número três mundial mostrou-se com expetativa para o futuro. “Tenho muita vontade. Estou em Wimbledon e creio que toda a gente pensa assim. Estive um pouco lesionado em Paris, toda a gente sabe disso. Não treinei muito antes de Halle mas agora sinto-me bem. Os treinos que tive aqui foram bons. Estou pronto para a batalha”, confessou.

Sascha admitiu ainda ter um desejo. “Seria um sonho defrontar o Federer na final. Trabalho para isso mas primeiro, eu e o Federer precisamos de vencer muitos encontros. Ele sempre foi o meu ídolo. Ele tentou sempre evoluir em todas as superfícies e em todas as competições”, comentou o jovem de 21 anos.